Início > Uncategorized > TechEd 2010 SP – primeiro dia

TechEd 2010 SP – primeiro dia

Hoje foi o primeiro dia do TechEd no Expo Center Norte, em São Paulo. A keynote da manhã foi simplesmente fantástica! Foram muitos os temas abordados em 3 horas e meia de palestras, num formato super dinâmico pra o público de aproximadamente 2.000 pessoas. Foram mostrados recursos de gerenciamento de máquinas virtuais de estações pelo System Center com alocação dinâmica de memória (inclusive aumentando a memória física da VM conforme necessidade), alocação de mais VMs dinamicamente pra atender uma aplicação em 3 camadas. Também foi mostrado o Windows Phone, e sua tela inicial com os quadrados dinâmicos parece ser muito produtiva de se acessar as informações relacionadas aos contatos de forma integrada e simples. Foram mostradas as novidades do novo Hotmail “wave 4". Luís Felipe Pimenta mostrou vários recursos de BI do SharePoint 2010, inclusive a nova decom tree que foi trazida do produto da ProClarity. Também foi mostrada uma aplicação fantástica para Tablet PC, que está sendo usada pelo Palmeiras para substituir a prancheta de simulação de jogadas. Mostraram o novo Kinect para Xbox, com dois jogos manipulados apenas pelo corpo, sem a necessidade de controle. O foco das apresentações foram aplicações rodando na nuvem – dando ainda mais ênfase à bola da vez na Microsoft, o Azure. Foi mostrada uma ferramenta para migrar todos os dados de Exchange para o BPOS. Foi tanta coisa em 3 horas e meia que fica praticamente impossível lembrar tudo.

À tarde, valeu demais a palestra de SharePoint 2010 com Rodolfo Roim e Hélio Sá Moreira, onde ficou clara a completa integração do Visual Studio 2010 com o SharePoint 2010. Agora ficou muito mais fácil desenvolver web parts e estender o SharePoint. Obter dados externos ficou muito mais simples com o BCS (Business Connectivity Services). Os workflows ficaram mais fáceis de usar e agora podem ser associados a um content-type, que pode posteriormente ser usado em um campo. As sandboxed solutions permitem que uma aplicação SharePoint rode em um processo separado, e se for mal-comportada e consumir mais recursos do que deveria, não compromete o processo do SharePoint em si. O gerenciamento e design de master pages, no entanto, continua necessitando de melhorias. E quem tiver um ambiente fortemente customizado em SP 2007, terá um desafio ainda maior pra enfrentar na migração pra 2010. Nem tudo é perfeito, nem mesmo o SharePoint (o Hélio talvez discorde disso)…

Em seguida, fui à palestra do Steve Fox, que demonstrou funcionalidades do SharePoint no keynote pela manhã. Ele mostrou um exemplo de implementação usando Javascript manipulando uma Web Part de Excel Services sem precisar salvar a planilha. Também mostrou vários exemplos de customização usando Silverlight e BCS.

Pra terminar o dia, palestra do Luís Felipe Pimenta e André Hass sobre o dia-a-dia de um DBA: uma oportunidade descontraída de trocar idéias sobre a carreira e o mercado onde o DBA está inserido. Pena que as perguntas estavam muito técnicas e acabamos falando pouco da carreira e mercado e muito sobre dúvidas básicas do público sobre SQL Server em si.

Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: