Início > Uncategorized > PowerPivot, uma grande novidade de BI da Microsoft para 2010

PowerPivot, uma grande novidade de BI da Microsoft para 2010

Ontem participei de uma série de webcasts no PowerPivot Day (daqui a pouco ele vai acontecer de novo). O primeiro webcast foi do Thiago Zavaschi, que deu uma boa geral do PowerPivot para o Excel 2010 e para o SharePoint 2010. Em seguida, Mariano Cravo Teixeira Neto, ex-colega de mestrado do CIN/UFPE e hoje funcionário da Microsoft em Seattle, mostrou detalhes mais técnicos do PowerPivot e como ele funciona “por baixo do capô”. O último webcast foi do Rob Collie, um dos criadores do PowerPivot, que falou sobre DAX.

O PowerPivot serve para consolidar e explorar grandes massas de dados no Excel. Esses dados podem ser trazidos de diferentes fontes, até mesmo de páginas da Internet. O desempenho impressionante do PowerPivot e a maneira com que esses dados são armazenados são os grandes diferenciais. O usuário passa a ter uma grande autonomia para analisar informações sem precisar de programadores especializados ou Data Warehouses muito sofisticados. Imagine todo o poder do Analysis Services dentro do Excel, sem pensar em cubos ou dimensões. Imagine manipular um “universo de dados” na memória do computador e armazená-lo junto com a planilha do Excel. Podem ser criados campos calculados de uma maneira muito poderosa e flexível, usando a linguagem DAX (mais informações sobre DAX aqui). Parece difícil de acreditar, mas o PowerPivot permite manipular milhões de registros no desktop diretamente, sem o auxílio de servidores, em poucos segundos. Basta ter memória RAM suficiente.

O PowerPivot é um add-in gratuito que só funciona em Excel 2010. Baixe a versão apropriada (x86 ou x64) para sua plataforma de Office 2010. O site www.powerpivot.com é um excelente ponto de partida para conhecer melhor o PowerPivot. Lá vc vai poder baixar o produto, usar planilhas de exemplo com dados já prontos, e até iniciar uma máquina virtual na Microsoft para praticar diretamente sem precisar instalar na sua máquina.

Rob deu um exemplo muito interessante, onde ele pegou informações da Internet de temperatura em diferentes datas e localidades, associou essa informação a uma tabela de vendas e conseguiu estabelecer associações das vendas com a temperatura que fazia naquele dia e local.

Nesta terça (04/05), nossa empresa estará fazendo várias demos de BI em nosso estande, inclusive de PowerPivot.

Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: