Início > Uncategorized > Impressões do PASS Summit Unite 2009

Impressões do PASS Summit Unite 2009

Depois de 4 dias no PASS Summit Unite 2009, vou deixar aqui minhas impressões desse fantástico evento que superou todas as minhas expectativas. O PASS Summit é sem dúvida o principal evento de SQL Server da atualidade. Este ano, contou com mais de 3.000 participantes e quase 300 sessões de palestras. Em cada horário, tínhamos que escolher entre 14 palestras que ocorriam simultaneamente. Bom, ao menos no final do evento, será ao menos disponibilizado um DVD com o áudio das palestras e os slides.

Vale ressaltar, acima de tudo, os keynotes. Na terça, o primeiro keynote foi um misto de profissionais da Microsoft no palco, apresentados pelo Ted Kummert, vice-presidente da Microsoft. Antes de Ted, Bob Muglia (presidente da divisão de servidores da Microsoft) deixou sua mensagem e mostrou no palco um rack com 8 servidores totalizando 192 CPUs rodando SQL Server 2008 R2, que foi usado pra demos impressionantes mostrando scale-up. Ted Kummert depois anunciou que serão comercializadas duas novas edições do SQL 2008 R2 em 2009: a DataCenter, que é acima da Enterprise, suportando mais processadores e a DataWarehouse, com os recursos de scale-out do Madison.

Ted Kummert depois recebeu no palco uma pessoa da First American Title contando seu caso de sucesso e depois Dan Jones e Amir Netz fazendo demos. Uma demo impressionante mostrou o Madison rodando em um ambiente remoto com dezenas de servidores e processou uma consulta sobre bilhões de registros e alguns Terabytes em poucos segundos.

O Keynote da quarta foi com Tom Casey, General Manager de SQL Server BI da Microsoft. Primeiro ele chamou ao palco Ron Van Zanten da Premier BankCard, case de BI publicado na SQL Server Mag de agosto/2008. Depois veio ao palco Amir Netz mostrando o PowerPivot manipulando milhões de registros no Excel em segundos gerando um arquivo de pouco mais de 100MB. Ele mostrou um filtro num campo executado em 2 segundos nesses milhões de registros. Também mostrou o Report Builder 3.0, com a nova funcionalidade de “Report Parts”, permitindo que um relatório complexo possa ser construído pelo usuário reusando partes inteiras já pré-configuradas. Como sempre, tinha que ter outro “brinquedinho” no palco, e dessa vez era uma tela enorme com touch-screen no Windows 7, mostrando novos recursos de BI do Sharepoint 2010, especialmente em Silverlight. No Excel, podem ser publicados dashboards para o Sharepoint, mostrados de uma maneira fantástica usando Silverlight. Tom também mostrou a interatividade Web dos dashboards gerados pelo Excel e publicados no Sharepoint.

O Keynote de hoje foi com David DeWitt, Technical Fellow na Microsoft Research. Sempre admirei muito o trabalho dele desde os tempos do meu mestrado em BD na UFPE. Ele mostrou como a evolução do desempenho da CPU, memória e a capacidade dos discos é completamente desvinculado da evolução do desempenho de I/O. Enquanto houve um ganho de 10.000x no desempenho da CPU, 1.000x na memória e capacidade de discos, só houve 65x de aumento de vazão de I/O. Ele mostrou novas estratégias pra armazenamento de dados em disco por coluna, ao invés de por registro. Armazenar por coluna facilita a compressão dos dados e traz grandes benefícios de desempenho pra leitura, mas não pra escrita. O trabalho de pesquisa da Microsoft Research continua buscando melhorias nesse sentido.

A Microsoft deixou como sempre disponível os Hands-On Labs. Trata-se de uma salinha com 50 computadores, cada um com dois monitores e um esquema bem interessante de self-paced labs. Basicamente, você escolhe o lab que deseja num programinha que automaticamente monta a máquina virtual num dos monitores e abre um manual passo-a-passo no outro monitor. Fiz o HOL de PowerPivot e recomendo pra quem tiver a oportunidade, vale a pena! Também fiz o HOL de Master Data Services, uma nova funcionalidade do SQL 2008 R2, mas a funcionalidade ainda me pareceu um pouco imatura. A interface web não está muito amigável ainda e provavelmente deve sofrer mudanças importantes até o release final. A idéia geral do Master Data Services é permitir que seja desenhada uma estrutura conceitual dos dados que podem receber dados numa área intermediária de “staging” para pré-processamento no Data Warehouse.

Palestrantes brilhantes que conheci melhor aqui: Kevin Kline, Brian Knight, Kimberly Tripp, Paul Randall, Peter Myers e Buck Woody. Tive o privilégio de trocar algumas idéias com Kim Tripp no almoço da terça, ela é um poço de conhecimento de SQL Server. Buck Woody é divertidíssimo, a palestra dele hoje sobre desempenho no SQL 2008 mostrou uma visão geral das ferramentas pra analisar o desempenho do SQL 2008 e ele mata qualquer um de tanto rir.

Na segunda, assiti o curso de BI com Peter Myers. Conteúdo muito didático e abrangente de BI. Infelizmente ele não pôde adiantar nada sobre as novas versões porque a Microsoft queria anunciá-las em primeira mão no dia seguinte. Mesmo assim, mostrou muita coisa legal no PPS 2007, no Sharepoint e na tabela dinâmica do Excel 2007.

Na terça, assisti uma sessão logo sobre o PowerPivot com Daniel Yu e Albert Chew. Também peguei uma sessão com Kevin Kline mostrando várias ferramentas gratuitas, compilando um resumo da coluna “Tool Time” que ele escreve pra SQL Server Magazine. No final do dia, assisti uma sessão com Brian Knight, mostrando como carregar um Data Warehouse usando SSIS.

Na quarta, assisti uma sessão com Patric McElroy da Microsoft sobre Data Azure. O Azure já está pronto, a comercialização dele começa em 01/01/2010, mas ele tem algumas limitações importantes. Não há SQL Agent (não se pode agendar jobs) e atualmente se houver gargalo no servidor, ele vai escolher algumas aletoriamente sessões para serem eliminadas. Também há o limite de bancos até 10GB no Azure. Em seguida, assisti uma sessão com Brian Larson mostrando como construir dashboards no SSRS 2008 usando indicadores, gráficos e gauges. A última apresentação do dia foi a mais espetacular: Kim Tripp falou sobre a cobertura de índices em consultas.

Hoje, fui pela primeira vez no laboratório da Microsoft dos HOL’s. Via a apresentação de Linsey Allen, que mostrou que não há muito impacto no uso de CPU e I/O em SQL Servers virtualizados com Hyper-V. Há vários novos recursos no Win 2008 R2 e SQL Server 2008 R2 para minimizar ainda mais o overhead de processamente e uso de I/O pelas trocas de contexto no Hyper-V. Atualmente a perda de desempenho é inferior a 10% e futuramente poderá ser zero, ou até tornar ambientes virtualizados mais rápidos. Pra quem tinha receio de virtualizar o SQL Server, um mito a menos! Depois vi Tim Peterson mostrando exemplos mais avançados de MDX e dando dicas valiosas do seu uso. Em seguida veio a brilhante apresentação de Buck Woody e o evento fechou com a apresentação do Denny Cherry sobre storage. Denny fez um ótimo resumo dos tipos de disco, tecnologias de storage e mostrou detalhes do seu ambiente de 100 discos no storage CX4 da EMC.

O PASS ainda não acabou: amanhã ainda tem sessões “post-conference”, que são pagas separadamente. Como não vi nenhum tópico que realmente valesse a pena, resolvi não gastar mais $345 pra participar dessas. Vou é aproveitar um pouco de turismo em Seattle!

Categorias:Uncategorized
  1. Maycon
    06/11/2009 às 09:10

    Fábio, deixo ai meus parabéns pela postagem. Ficou show. Abraços do amigo tricolor Maycon Alves.

  2. George
    06/11/2009 às 18:09

    O post ficou muito bom, comentando dos novos recursos e como a Microsoft está trabalhando para melhorar ainda mais seus produtos!!Parabéns, Fábio!!Abração!!

  3. thiago
    09/11/2009 às 16:09

    Também gostei muito do post. Depois de ler, parece que também estivemos no evento. Percebo que o nível técnico do evento é altíssimo, e acredito que é muito importante a nossa participação todos os anos.Abração!!!

  4. David
    16/11/2009 às 10:50

    Opa Fábio!!! Vendo o post já deu vontade de começar a testar o R2 … muito bomm mesmo!Parabéns e um abraço!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: